Bitcoin

Como tudo começou

Parece ate que foi ontem mas a Bitcoin completou nessa semana uma década de existência. E se olharmos para trás veremos que muita mudou de lá para cá. E por mais que o Satoshi Nakamoto tenha imaginado ter criado um grande projeto, jamais imaginaria que chegaria até aqui. Mas o que esperar daqui para o futuro? quais serão os desafios que a Bitcoin pode enfrentar? E as outras criptos o que serão delas? Todas essas respostas você verá nessa matéria de edição especial em comemoração do décimo aniversário da moeda digital.

Em 08 de janeiro de 2009, o Satoshi Nakamoto (Nome atribuído ao suposto criador da bitcoin, apesar de haver divergências em relacão à criacão, se realmente foi apenas um homem mesmo ou um grupo de desenvolvedores) publicou um e-mail para divulgar a sua criação. Um software que tinha o intuito de romper as tradicionais formas de transação. E o meio pelo qual a sua criação funcionaria seria a Blockchain. E essa tecnologia de cadeia de blocos não foi fácil de ser explicada. Mas o Satoshi desempenhou bem a função de espalhar a palavra da Blockchain. Tecnologia criada em 1992 mas que não tinha sido usada até 2009. Quando teve seu primeiro uso, com criptomoedas.

Sofware da Bitcoin no início

O projeto da Bitcoin

Que o projeto foi criado com a finalidade de ser algo grandioso, isso não há dúvidas. Mas o que ninguém esperava, nem mesmo o próprio Satoshi, era que as coisas chegassem até onde chegou. Nascido após a crise de 2008 que abalou boa parte do mundo. Inicialmente a criptomoeda não foi um destaque de imediato, sendo utilizada em sites obscuros da Deep Web. A moeda veio a ganhar o seu primeiro destaque na mídia e ter o seu primeiro boom no preço por volta de 2013. Após isso veio também a primeira derrocada do preço onde ele desvalorizou mais de 80%. Mas isso não matou a criptomoeda que se recuperou e chegou a bater o record histórico em 2017.

Pois bem, cá estamos e desde meados de 2017 a Bitcoin ameaça o reinado dos bancos e grandes corpora coes, entre elas o governo. A Bitcoin tem um grande potencial libertador do controle dessas instituições. Mas diante de toda essa situação, o que esperar dessa e das outras criptos de agora em diante? Tudo indica que haverá cada vez mais a adoção desse tipo de ativo, inclusive por governos que o demonizavam. A concorrência entre as criptomoedas aumentará, afinal a cada dia vemos mais projetos de cripto sendo colocados no mercado. Outra coisa que deve acontecer é que algumas criptomoedas irão desaparecer, mas quase impossível que a Bitcoin esteja entre elas.

Bitcoin no futuro

O que esperar a partir de agora?

Portanto o cenário futuro é cada vez melhor, claro que fases ruins sempre aconteceram e me refiro não somente à Bitcoin mas em qualquer modelo de moeda, ou ativo, afinal crises acontecem. Mas em termos práticos devemos ver a partir de agora uma intensificação no uso de criptomoeda, afinal essa é uma tecnologia que veio para ficar, é um caminho sem volta.

 

Por Marcos Eduardo do Canal Dinheiro